O dia em que o e-commerce couber no meu bolso

Esse post é baseado na palestra do Ricardo Cabianca, “Encarando o e-commerce como um verdadeiro negócio”, no Circuito 4X1 de Mkt Digital, evento que já mencionei por aqui.

Quando o @Cabianca subiu ao palco, as primeiras frases que surgiram no seu PPT diziam que o e-commerce está mais maduro, que o consumidor está mais atento, que há segurança no pagamento e também uma profissionalização de todo o setor.

Não é segredo para ninguém que as vendas on-line permitem negociações, pesquisas e transações 24 horas por dia, 7 dias por semana e que as lojas, tem trabalho o tempo todo e se ganha dinheiro dormindo. Mas, antes de qualquer pessoa pensar em entrar nesse mercado, é preciso conhecer bem o VAREJO, e depois, ter uma noção do quanto o e-commerce já evoluiu e conhecer bem as empresas que o ajudaram a evoluir, afinal, a maioria dos canais de venda digital foram desbravados, nada estava pronto.

Assim ele delimita algumas questões chave para qualquer pessoa a fim de iniciar uma loja online, um e-commerce: 1- Em qual mercado vai atuar? É preciso dominá-lo e não se deixar levar pelas ondas de consumo; 2- Você conhece seus concorrentes? O que eles fazem, como eles vendem, há quanto tempo estão no mercado; 3- Quais são suas referências? Pense nas empresas com um modelo de negócio que você admira, um case com o qual você se identifica.

O consumidor tem basicamente dois comportamentos primordiais que levam em consideração a compra por impulso e a compra programada. Isso tem a ver com o produto versus as características do público.

Se um projeto de e-commerce tiver um foco bem direcionado, fundamentado em um nicho, ao invés de vender de tudo, é possível evitar conflitos com as grandes corporações virtuais e iniciar a fidelização de um público, especialmente por atingir suas expectativas com um diferencial de vendas.

Olha, cabe no seu bolso começar um projeto de e-commerce? É preciso ser ousado, mas também é importante ter cautela e planejamento, não apenas um planejamento de negócio (isso é obrigação), mas saber executar um plano de carreira e começar aprendendo com quem pode te ensinar. Ai depois você pensa como ser um empreendedor do mundo digital, tá!

Quem hoje não sonhou em abrir um site de compras?

Fonte: Blog de Marketing

Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here