Boas Práticas do Email Marketing – Entrando no espaço privado dos contatos

‘Qual o problema de enviar email para uma lista comprada? Alguns desses contatos podem querer a minha informação’ é o argumento de pessoas que defendem o envio de email para destinatários que não deram autorização prévia—o que nós nos referimos simplesmente como spam. Os problemas são vários e rotineiramente abordados neste blog, mas hoje falaremos do conceito de propriedade privada e de como esse tipo de prática é considerada uma invasão dessa propriedade.

Quando um anúncio é feito em um outdoor ou em um jornal, por exemplo, ele é voltado a quem quer que esteja folheando ou passando por aquele local. Sem dúvida algumas dessas pessoas terão um interesse naquela informação. Mas é diferente quando falamos de email, porque o email de uma pessoa é como se fosse propriedade privada, ao contrário dessas outras formas de marketing que podem ser vistas como pertencentes ao espaço público.

Ao enviar email não autorizado você está efetivamente invadindo o espaço privado daquele destinatário. Está realizando uma agressão. Exagero? Não. Imagine se todas as empresas que supõem que você pode ser um cliente em potencial começassem a bater na sua porta, durante o dia ou noite, dia útil ou feriado? Você com certeza se sentiria invadido e ficaria incomodado com essa atitude.

Então pense bem antes de enviar qualquer tipo de email. Reflita: esse contato receberá bem a minha comunicação no seu espaço privado? Será que ele ou ela tem absoluta certeza de ter dado autorização para esse envio? Não pode haver qualquer dúvida sobre a autorização dos contatos para o seu envio de email marketing. Respeitando o espaço privado do seu contato você estará assegurando-se de adotar as boas práticas do email marketing e, com certeza, colherá resultados muito mais satisfatórios nos seus relatórios.
Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here