A Internet alterou de muitas maneiras o nosso comportamento, inclusive, na forma como realizamos compras. O consumidor definitivamente adotou a compra on-line e devido, principalmente, à conveniência e a economia, compra-se cada vez mais pela Internet. Isso significa uma excelente oportunidade para quem deseja montar um empreendimento neste novo canal de comercialização e tem conhecimento e competência para fazê-lo.

O e-commerce vem crescendo de forma avassaladora em todo o mundo. Jeff Bezos, CEO da Amazon, prevê que o e-commerce deve atingir entre 10% a 15% do comércio americano nos próximos 10 anos, fato que, se confirmado, levará o faturamento anual do setor nos Estados Unidos a um valor superior a meio trilhão de dólares. No Brasil, o faturamento evoluiu de meio bilhão de reais em 2001, para mais de R$ 13 bilhões de reais em 2010. Isso representa um crescimento superior a 2.300% em apenas uma década. Alguém conhece outro setor que tenha crescido com tamanha magnitude? Outro indicador extremamente positivo é o crescimento no número de consumidores on-line que saltou de pouco mais de um milhão em 2001 para estimados 23 milhões em 2010.

Para o empreendedorismo na Internet, esse é o melhor momento

Conforme ilustrado pelo quadro acima o mercado representado pela Internet já é expressivo, mas no início da década mal passávamos de um milhão de consumidores, justamente num período em que a chamada “Internet eufórica” fervilhava de projetos e sonhos ainda insustentáveis. Hoje, com mais de vinte milhões de pessoas comprando de forma rotineira pela Internet, o quadro está totalmente favorável. É claro que, quando tivermos, 40 ou 50 milhões de compradores, vai ser ainda melhor. O problema é que, quando esse momento chegar, o comércio eletrônico não será mais novidade, e algumas das vantagens atuais terão desaparecido. O conhecimento estará mais disseminado, muitos empreendedores estarão estabelecidos, já não haverá tantos nichos de mercado à disposição e assim por diante. Logicamente, o grau de incerteza será menor, mas em contrapartida a competição será muito mais acentuada. Por essa razão, agora é o melhor momento para o empreendedorismo na Internet, e os números do e-commerce mostram isso de forma cabal.

Empreendedorismo na Internet, o momento é agora
Avalie este artigo