Blogs e o provedores de hospedagem

Engana-se quem acha que o WordPress não necessita de um bom serviço de hospedagem para ter um bom desempenha. Apesar de relativamente simples, a plataforma para criação de blogs é extremamente solicitada em seu dia-a-dia, principalmente no que diz respeito a banco de dados e o seu mal funcionamento pode comprometer não só o desempenho do sistema como até mesmo a sua posição nas páginas de resposta do Google.

Um serviço de web hosting de baixo desempenho, ocasiona uma série de transtornos como por exemplo a demora na carga das páginas, que por si só já é motivo suficiente para você deixar um provedor de hospedagem já que prejudica bastante a navegação em seu blog. Fora isso, como já foi comentado aqui no blog (veja o artigo), o Google agora penaliza os sites que apresentam demora na carga de páginas, o que prejudica bastante o seu posicionamento nas páginas de resposta e joga seu trabalho de SEO por água abaixo.

Como identificar o problema

O primeiro sintoma é a demora na carga das páginas. Em segundo lugar é comum também travamentos, principalmente no módulo administrativo. Se o seu blog foi devidamente instalado e os plugins de manutenção de banco de dados como por exemplo, o WP Opimize, estão funcionando perfeitamente, não há razão para o seu blog apresentar um baixo desempenho, portando, fica em cheque o desempenho do provedor de hospedagem. Por desencargo de consciência, verifique também as configurações dos plugins, visto que muitos deles, dependendo da configuração, podem comprometer o desempenho do blog. Se está tudo ok, é motivo o suficiente para se preocupar com o seu serviço de web hosting.

Uma outra maneira de verificar isso, é acessar a Central do Webmaster do Google a verificar o gráfico de Tempo de Download das páginas do site e ver como está se comportando esse parâmetro nos últimos meses. Se tudo estiver certo nas configurações do blog e esse indicador estiver em ascensão, eu apostaria minhas fichas em um problema com o provedor de hospedagem.

Provedores de hospedagem e blogs. Gráfico de desempenho do tempo de carga das páginas

Na imagem acima, é nítida a perda de qualidade no tempo de carga do site nos últimos dois meses. Como o blog em questão estava com todas as configurações corretas e não tinha havido qualquer tipo de alteração na estrutura, a conclusão foi de que mudanças no provedor de hospedagem haviam deixado as páginas mais lentas, o que já havia ocasionado inclusive a perda de posições no Google.

Solucionando o problema

A melhor coisa a fazer, é antes mesmo de fazer a instalação do blog selecionar com muito cuidado qual o provedor de hospedagem que você irá usar e confiar o conteúdo do seu blog, seja ele pessoal ou corporativo. Tirando essa solução inicial, a solução mais rápida, seria entrar em contato com o provedor de hospedagem e pedir para ser feita uma verificação. Se a empresa for séria, o problema é resolvido e pronto, seu blog volta a funcionar de forma satisfatória. Se o serviço de atendimento vier com aquela conversa de que você é que está fazendo algo errado e despejar a já conhecida sopa de letrinhas, meu conselho é que você troque logo de provedor para evitar mais problemas. A relação entre o seu site e o provedor de hospedagem é um casamento, mas também cabe divórcio.

Por Alberto Valle, consultor e instrutor do Curso de E-Commerce

Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here