Plataforma de e-commerce é o centro de tudo

Plataforma de E-commerce é o coração da loja virtual

O que chamamos tecnicamente de plataforma de e-commerce é nada mais nada menos que o centro de toda operação de comércio eletrônico.

É ela a encarregada de não somente a interface da loja virtual que será visualizada pelos visitantes, como também controlar os sistemas de gerenciamento do site. É na plataforma de e-commerce que incluímos descrições de produtos, fotos, gerenciamos estoques e pagamentos.

O resultado disso é disponibilizado pelo sistema na forma de vitrine, páginas de detalhes e outros setores da loja.

Como a plataforma de e-commerce é a base de toda a operação, devemos dispensar muita atenção a essa etapa do planejamento de um e-commerce.

Não podemos correr o risco de verificar mais adiante que o sistema escolhido não atende às nossas necessidades técnicas nem às decorrentes da expansão natural das lojas virtuais, que muitas vezes ocorre de forma bem rápida.

Escolha da plataforma é passo decisivo no e-commerce

Antigamente o foco da escolha de uma plataforma de e-commerce era apenas no que diz respeito à recursos técnicos do sistema em si, como rotinas de cadastramento de produtos, opções de exibição de fotos na loja virtual e controle de pedidos entre outros.

Com a evolução do comércio eletrônico, essa análise ficou um tanto desatualizada. Atualmente, como já disse em meu artigo sobre o diferencial no e-commerce atual, as rotinas de suporte ao marketing digital, ganharam uma relevância que a cada dia fica maior.

É importante que na hora de escolher uma plataforma de e-commerce você verifique alguns itens como, por exemplo:

  • Recursos para implementação de uma boa estratégia de SEO no e-commerce;
  • Integração completa da loja virtual com o Google Analytics e outras ferramentas de monitoramento;
  • Opções para implantação de recursos de interação com redes sociais e seus usuários.

Uma plataforma de comércio eletrônico é atualmente muito mais do que simplesmente um sistema de loja virtual, ela funciona como o centro nevrálgico de uma intricada rede de processos que precisam estar muito bem afinados para que sus loja virtual se transforme em um sucesso.

Por isso minha preocupação com a hora de escolher uma plataforma de e-commerce, independentemente so sistema de contratação.

Mudanças na plataforma podem trazer problemas

Todo esse cuidado se justifica já que não existe troca de plataforma de e-commerce sem traumas.

Não se trata apenas de transferência de banco de dados ou na pior das hipóteses o recadastramento de produtos. A mudança de sistema envolve aspectos que vão desde a quebra de rotina interna chegando inclusive a possibilidade de perda de posições no Google.

Na hora de decidir sobre qual plataforma de e-commerce usar, não se esqueça que essa parceria deve ser duradoura, para o bem do seu próprio negócio.

Fonte: Blog do Curso de E-commerce

Plataforma de e-commerce é o centro de tudo
Avalie este artigo