Sexshop Virtual – Um ambiente amigável e confortável

Sexshop Virtual - Um ambiente amigável e confortávelVocê certamente deve conhecer alguém, que está em puro êxtase para montar uma loja virtual de SexShop. Não é mesmo?

Oportunidades

Não podemos negar que a internet se tornou um ambiente mais amigável e confortável para os consumidores desse segmento, sendo eles, frequentadores de loja física e também para aqueles que deslumbravam em apimentar o seu relacionamento com os mais variados tipos de produtos e acessórios.

O fato, é que o mercado de Sex Shop, ganhou um aliado muito importante também, tendo como estímulos o filme “De Pernas pro Ar” campeão de bilheteria de 2011, com um público de 3,5 milhões. A comédia protagonizada por Ingrid Guimarães, sem dúvida até hoje, é a grande inspiração aos olhos dos empreendedores que buscam seu próprio “Sex Delicia” e aos lojistas, coube para alguns, sentar e colocar a mão na massa para não perder as oportunidades que o mundo digital estava a proporcionar.

O destaque fica para o livro ’50 tons de cinza’ uma fonte inesgotável de prazer e desejos que fez crescer a venda de máscaras, algemas e chicotes.

Mercado

Neste último final de semana na capital paulista, ocorreu a 20ª edição da Erótika Fair, a maior feira do mercado erótico da América Latina e 4ª maior do mundo. O evento contou com cerca de 30 mil visitantes Além de produtos dos produtos eróticos, houve apresentações de pole dance, striptease, pintura corporal, stand-up comedy, entre outros.

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Mercado Erótico (Abeme), o mercado erótico está em grande crescimento no Brasil. Atrelado a isso, está o interesse de homens, mulheres e casais na busca de maneiras criativas para a hora do prazer. O setor cresceu 18,5% em 2011, quando movimentou R$ 1 bilhão, com a venda de 72 milhões de itens e 12 mil produtos. O levantamento da associação mostra também que as mulheres são as maiores compradoras do setor, inclusive nas e-sexshops, com participação de mais de 60% nas compras. Entretanto, apesar do crescimento, a alta em 2012 representa uma desaceleração em relação ao ano anterior, com 15%.

Desafios

O segmento requer muito conhecimento e jogo de cintura, pois o e-consumidor no ato de sua compra, procura utilizar os canais de comunicação para se inteirar a cerca dos produtos e acessórios ofertados, é necessário estar atento a todos esses pontos a atenção e dedicação será o grande diferencial e certamente vai definir o futuro do seu negócio que agora é o seu maior patrimônio. Além disso, é preciso estar antenado no mercado e nas tendências do mundo erótico.

A Plataforma

A escolha da tecnologia da loja virtual e seus pilares (métodos de pagamento, mídia, logística e inteligencia), é certamente o ponto chave do negócio é de extrema importância uma plataforma de e-commerce que atenda as principais necessidades para apresentação e navegabilidade pelas categorias existentes na sexshop virtual que você pretende montar.

Sendo assim, uma boa pedida é versão mobile, por ser um meio privado e exclusivo do casal e sua facilidade em realizar a compra em qualquer ambiente; uso de variantes para modelos, cores, tamanhos, entre outros aspectos; filtros para departamento e pesquisa que vai orientar o e-consumidor na realização de uma busca mais otimizada para marca, sexo e cor; multivitrine para apresentar as ofertas de produtos logo na primeira página; chat para tirar dúvidas e sugerir produtos; compre junto; produto fora do estoque; avise quando chegar; super zoom; todos os meios de pagamentos e não deixe de pesquisar as ferramentas de antifraude.

Pega a Dica

Os itens mais vendidos no mercado erótico brasileiro, são os géis para sexo oral, com participação de 21% das vendas, vibradores líquidos, com 18%, seguido por cremes e pomadas para sexo anal (11%) e cápsulas de banho (11%). Outro ponto a se considerar é a tabela de fornecedores principalmente para os iniciantes é preciso que contenha: Prazo de entrega do fornecedor, preço, retorno sobre a venda de produtos, perfil do público, cor, modelos e tamanhos. E você, tem uma e-sexshop? Compartilhe, deixando um comentário e  vamos aprofundar! É isso! \0/

Por Vinicius Dias

Avalie este artigo