Relacionamento entre agências e blogueiros: alienação ou parceria?

Ouço muito dizer que o relacionamento entre blogueiros e agências é bem complicado, pois ainda não há receita para fazer o processo. Algumas agências não valorizam o trabalho de blogueiros como “socialcast” e tratam ainda como broadcast – além de a maioria dos blogueiros não se profissionalizar para entrar no mundo corporativo.

Hoje resolvi deixar as coisas um pouco mais claras (ou tentar), até porque eu vejo os dois lados da moeda: estou em vários blogs e trabalho em agência. Para contextualizar isso tudo, falei com profissionais da área.

Hoje, a marca pode fazer anúncio em revista, na TV, vender pauta para jornalistas (e pagar milhões para isso) que ela (a marca) será relevante (?). Se essa mesma marca quiser criar um relacionamento com um público mais engajado e fazer o socialcast, vai lá e faz uma ação com blogueiros. Se ela paga por isso, a marca e o blogueiro são antiéticos, diriam alguns. Afinal, isso é certo ou errado?

Como eu disse no começo, não há uma receita certa, mas já adianto: não é antiético vender/comprar espaço em blogs. Alguém tem um superespaço na revista Veja sem pagar?! A Comunicação Digital tem muitas vertentes e é ótima para um bom relacionamento com seu público.

O que diz um blogueiro e representantes de agências

Para Marcelo Vitorino, editor do Pergunte ao Urso e Estrategista da agência Talk, as ações digitais com blogs são “o mesmo que fazer um anúncio no meio de um programa de televisão, em apenas uma emissora e achar que tudo dará certo. É preciso construir uma história com aquele produtor de conteúdo (blogueiro) para que seu público passe a ver a marca como parceira”.

Esse é exatamente o conceito que tenho em mente; não podemos trocar uma boa divulgação por produtos, ninguém vive de permuta na vida – e a época do escambo já passou. É onde entra a composição do bom relacionamento, tênue e duradouro.

Thiago Mobilon, editor do Tecnoblog, sempre analisa os dois lados: Costumamos cobrar apenas quando se trata de uma ação publicitária que faça uso de nossa marca, ou do nome do blogueiro. Fora isso, participamos de vários eventos todas as semanas, desde tradicionais coletivas de lançamentos de produtos até festinhas”.

Esse depoimento é bem claro e ponderado, não foge dos critérios de assessoria de imprensa, porém com muito mais repercussão, e não somente com broadcast.

Fazer ações com blogueiros, convidá-los para eventos, esperar que eles falem bem do seu produto não é errado; pelo contrário, isso é relacionamento.  A agência somente tem que ponderar a viabilidade da proposta.

Existe uma agência que me chama a atenção com o relacionamento com blogueiros. O pessoal dela sempre faz eventos com blogueiros e tem boas repercussões. Essa agência é a Ideal. Fui falar com a Carolina Terra, que é a diretora de Mídias Sociais, e ela deixa claro que eles sempre pautam os contatos com os blogueiros por meio de relacionamento e conteúdo relevante. A ideia é selecionar os blogs que tenham a ver com determinado assunto e organização que temos em mãos e convidá-los para participar de uma coletiva, testar um produto, receber um kit ou um texto para divulgação etc. Sempre nos aproximamos quando temos algo relevante a oferecer ao blogueiro”.

Até agora vimos que as ideias de blogueiros e agência batem. Sim, é isso que eu queria mostrar, como se faz ou deveria ser feito, mas infelizmente existe uma parte que ainda tem de ser muito bem trabalhada: a profissionalização dos blogs.

Profissionalização dos blogs – e dos blogueiros

Existem muitos blogs, e muitos se “prostituindo” para o mercado ou não dando valor o que a Comunicação Digital precisa. É nessa direção que sinaliza Beto Tercette, diretor de planejamento da agência Social Tag: Hoje, a maioria dos blogueiros sabe como montar um layout bonito, categorizar, otimizar o blog e distribuir seu conteúdo. Mas será que sabem planejar de verdade? É necessário mostrar a estratégia por trás de blogs profissionais que sabem realmente o que estão fazendo”.

Tercette também diz que os blogueiros devem ter um trabalho muito bem estruturado de levantamento de métricas, emissão de nota fiscal; em resumo, ter qualidade para se trabalhar corporativamente.

Um tanto quanto complexo, não acham? Existem muitas coisas para serem mudadas para fazermos uma boa Comunicação Digital; não olharmos somente para publicidade, e sim para o relacionamento. Também, os blogueiros precisam se profissionalizar, ter orientações, criar empresas para que as agências confiem que estes têm embasamento para desenvolver um planejamento com blogs. Combinado?


Fonte: Coletivo Mídia Boom

Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here