Dicas para redução de custo com e-commerce

Empresa diz que companhias devem negociar o máximo possível na compra de software ou renovação de acordos

Os gastos de TI para companhias de e-commerce podem ser reduzidos em até 25% sem que a navegação dos consumidores sofra alterações. Isso é o que aponta uma pesquisa realizada pelo Gartner. A empresa de pesquisa identificou alguns caminhos para reduzir esses custos e lançou estimativas de economias para os orçamentos de comércio eletrônico de pequenas e grandes empresas.

As empresas online podem economizar 35% em seus orçamentos de manutenção e licenciamento neste ano utilizando outros produtos para buscas, merchandising e gerenciamento, apontou o levantamento. Enquanto companhias de grande porte, com orçamentos de TI que superam US$ 1 milhão, terão economia maior, negócios pequenos poderão reduzir custos em 25% neste ano, ao optar por produtos padrão.

“Com exceção dos líderes de mercado, como Amazon e eBay, o custo do desenvolvimento pode ser desperdício de dinheiro e esforço, já que isso suporta funções que não farão diferença na experiência dos consumidores online”, comentou Gene Alvarez, VP de pesquisa do Gartner.

Organizações de TI desenvolvendo ferramentas de venda de Web 2.0 podem retomar a escala e focar em ferramentas que tragam maior taxa de retorno, economizando entre 5% e 10% neste ano, segundo a pesquisa.

Essas organizações deveriam negociar o quanto for possível quando tentarem comprar softwares de e-commerce ou renovar acordos, podendo economizar até 50% com licenciamento. O relatório sugere que os vendedores irão segurar os preços em 2009 para preservar as margens, mas, ao mesmo tempo, irão oferecer descontos substanciais.

Por fim, o levantamento recomenda a eliminação de empregos redundantes.

Fonte: IT Web

Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here