SEO: O que é isso?

Por Juliana Scheuer

Provavelmente você já deve ter ouvido falar em Search Engine Optimization (SEO). Trata-se de um conjunto de ações que visam melhorar o posicionamento do seu site nos buscadores, isto é, quando o usuário digita uma palavra-chave no google, o objetivo do SEO é fazer com que uma, ou várias das páginas do seu website, apareçam entre os primeiros resultados da busca orgânica.

  1. Importante: Não confunda busca orgânica com link patrocinado (área paga).

Quando queremos ficar bem posicionados nas áreas relevantes (gratuitas) dos buscadores, é com “robôs” que estamos querendo manter uma grande e duraroura amizade. No caso do google esta ferramenta atende pelo nome de spider. Este “robô” fala várias línguas, mas ainda não é perfeito, linguagem como flash, por exemplo, ele ainda não sabe ler, além de possuir uma lógica própria de raciocínio.

Entendeu, como funciona?

Para ficar bem posicionado no google, que é considerado o principal buscador da internet, você precisa saber que tudo o que é falado sobre a sua empresa na rede conta pontos. Atenção! Eu disse tudo o que é falado, e não somente o que você diz.

Mais ou menos como no marketing em que trabalhamos com os fatores abaixo:

  • Identidade corporativa – é o que a sua empresa é, características, ações, personalidade e posicionamento.Identidade visual – é o que a empresa quer mostrar sobre a identidade corporativa, não necessariamente tudo, normalmente é o lado bom, lógico.
  • Imagem corporativa – é o quebra-cabeça que montamos em nossa mente, criando uma imagem com os dados que recebemos da empresa e com o que é dito sobre ela.O google, segue isso ao pé da letra.

Por isso, preocupe-se e trabalhe sempre com o conteúdo on-page (conteúdo do seu site), e off-page (informações sobre você em outros sites, blogs e redes sociais).

Trabalhar com SEO não é só TI, é realmente saber se comunicar com pessoas e com “robôs” ao mesmo tempo.

Um trabalho de gestão da qualidade da informação on-line, e bom relacionamento com outros sites e pessoas.

Para fazer isso costumo usar um ciclo de ação:

  • Primeiro, deixo o site apto a ser encontrado nos buscadores. Para iniciantes o próprio google ensina como fazer aqui.
  • Faça ao menos mensalmente um relatório do seu site com as análises obtidas neste site.
  • Faça um buzz tracking das informações sobre a sua empresa, e sobre o que é dito na web a respeito da palavra-chave que você deseja trabalhar. Como fazer? Acompanhe aqui.
  • Trabalhe com um assessor de imprensa digital, repare na palavrinha mágica “digital”, este profissional é diferente do assessor de imprensa comum.
  • Trabalhe as informações nas redes sociais e blogs assim como no seu site, (utilizando a mesma técnica).

Lembre-se: O seu site é o anfiteatro, portanto, buscadores, sites externos, redes sociais e blogs devem estar ligados a ele. Por isso, mantenha um bom relacionamento na web e de forma estratégica.

Se o seu produto anda sendo criticado na rede, estes sites também serão destacados nos buscadores mesmo que você não responda ou saiba da existência deles.

O que você vê nos buscadores é a imagem corporativa na visão e nos parâmetros destes robôs.

Última e importante dica:

  • Pense bem nas palavras-chave que pretende trabalhar, use poucas e boas, e aproveite essa ajudinha aqui.

Saiba que assim como você quer a vaga de melhor amigo do spider, seus concorrentes também podem estar lutando por ela. Para saber sobre os seus concorrentes é facil, pergunte ao google, ele é sincero o suficiente pra dizer. Basta acessar: www.google.com.br e digite a palavra-chave desejada. Veja a diferença entre as situações: quando há disputa e quando não há.

Primeira situação

PALAVRAS-CHAVE: RESORT ou NOTÍCIA , por exemplo.

Veja que estas palavras são muito trabalhadas dentro dos sites que aparecem nas primeiras posições, em suas redes sociais e em outros sites com links para eles, perceba que há um bom número de acesso e em sua maioria são feitos em html, java e/ou css.

Segunda situação

PALAVRA-CHAVE: `PISO CERÂMICO` por exemplo.

Fazendo uma análise de 5 segundos já podemos perceber que: No caso da palavra piso cerâmico, aparece até um arquivo em pdf nas primeiras posições, arquivos de páginas internas de sites, aonde deveriam aparecer domínios.

Veja que recursos como metatags e outros, comuns em otimização de sites não foram usados, e as frases que aparecem abaixo do endereço dos sites melhor posicionados, são referentes a matérias internas e não foram usadas de forma proposital para SEO.

Neste caso é fácil obter uma posição de destaque sem muito esforço com um trabalho de otimização.

É importante saber que SEO é um trabalho de médio/longo prazo que visa aumentar a quantidade de visitantes através da confiança dos buscadores. Uma vez feito o trabalho, quando o site aparecer bem nas pesquisas, será por credibilidade.

Mãos a obra e boa sorte!

Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here